Este é o mais comum entre todos os tipos de câncer, se caracterizando pelo crescimento anormal das células da pele e pode afetar ainda outros órgãos. Fator predominante para o seu desenvolvimento, a exposição solar apresenta riscos diretos à pele, tendo relação também com fatores genéticos e bronzeamentos artificiais.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O aparecimento da doença se manifesta de duas formas: os carcinomas (áreas ásperas na pele ou pequenas feridas com sangramento frequente) ou melanomas, este tipo mais raro e agressivo (com o desenvolvimento de “pintas” escuras sobre a pele). Em ambos os casos, são mais frequentes em regiões mais expostas, como o rosto, orelhas e ombros.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para monitorar o desenvolvimento de um melanoma, pode-se seguir a técnica ABCDE: Assimetria, Bordas irregulares, Cores (quando há variação), Diâmetro (risco para maiores de 6 mm) e Evolução.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Esteja em atenção aos sintomas e previna-se (controlando a exposição solar, hidratação e não se submeter a bronzeamento artificial), contando sempre com um dermatologista para o diagnóstico. O tratamento nos estágios iniciais possibilita um resultado efetivo à solução do caso.